Capela nova na White

Não lembro se Já contei que quando fui fazer a vistoria eu tive que tirar a capela do carro porque o número do motor está exatamente ali? Pois é. Esse motor do doc da White é de Variant. Então pra ver se o bloco é mesmo o cadastrado no Detran tive que desmontar tudo na hora da vistoria!!!

Abaixo, já com a dupla, mas ainda estava com a bobina amarela do platinado.

Desmontei duas vezes em casa antes, pra treinar. Numa delas eu acabei ligando errado o cabo do conta giros e queimou o platinado e o condensador. Negativo e conta giros com fio da mesma cor. Ignorância minha, nem precisava desmontar nada na bobina.

No Dentran desmontei e montei tudo certinho, e ainda com o vistoriador botando pressão. Eu suava feito um porco, mas no final passamos com estrelinha e tudo. Abaixo já sem a capela, alternador e radiador do óleo.

Então fazer isso em casa bem de boas, já não é algo difícil para esse “mecânico” ignorante que vos escreve. Hoje finalmente resolvi trocar a capela do motor que está pintada há uns seis meses. Queria ver um dia que tivesse outra coisa pra fazer e aproveitar, mas esse dia não chegou.

Tirei o radiador de óleo pra dar uma limpada. Nem precisava, estava bem limpo. Não custava, são três porcas, embora o lugar em que elas estão posicionadas seja horrível.

Capela antiga, tinha mais furos que o necessário. Vai ficar decoração. Tava pensando em fazer uma pia pro lavabo com ela, hahaha.

O mais complicado mesmo são os parafusos que prendem a capela nas outras latas do motor. Esses ficam muito perto das “botinhas” de admissão. A chave gira muito pouco, e ainda bem que eu tenho uma catraca combinada tamanho 10, do contrário demoraria mais uns 30 minutos girando a chave centímetro por centímetro.

Tirar os carburadores seria o mais certo, mas aí sim seria um baita trabalho. Porque é uma parte que você tira e pode acontecer um monte de coisas. Hoje não era uma opção.

O resultado ficou ótimo. Gostei bastante. Aí você vai dizer: “pow, mas nem aparece na Brasília o motor”, “ninguém vai ver”. Essa é uma grande verdade, todavia foi um bom exercício pra tentar melhorar as minhas habilidades com a pistola de pintura e também pra testar meu setup de desmonta e monta dessa área do carro.

Pra tirar a capela na Brasília, o que precisa fazer?

  • desligar a bateria, eu acabei tirando ela pra liberar espaço;
  • tirar o parafuso 19 do alternador/dínamo, vai precisa de uma chave de fenda pra travar (importante!!! Manter a ordem das arruelas que servem pro alinhamento das polias);
  • desligar os fios do alternador/dínamo;
  • tirar a cinta do alternador/dínamo;
  • desparafusar a bobina da capela, nem precisa tirar nenhum fio dela. Só deixar ela de lado;
  • os filtros, dependendo do modelo, tem que tirar também, eu tirei os da White;
  • tirar os parafusos laterais da capela, no meu carro são tamanho 10;
  • no caso de carburação dupla, desligar a mangueira que liga a bomba de combustível ao T que vai para os carburadores;
  • com cuidado soltar o cabo do acelerador para ele não sair pra fora do cofre do motor.

Nessa última foto temos o motor quando ele foi montado e agora com esse último upgrade da capela vermelha. Outras mudanças: dupla carburação, hotspark e a bobina da olimpic.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *