Eva na estrada pelo bagageiro

Não tinha como levar pra casa um bagageiro de três metros de comprimento por quase dois de largura em outro carro. Tinha que ser de Kombi. Então acabamos fazendo a maior “viagem” dela pra pegar esse upgrade lá em Sapiranga.

Daqui de casa até lá são 60km. Pouco pra quem roda 500/700/1200km, mas de plastimóvel. O Máximo que rodamos com a Eva foi 30km pra ir até Canoas e voltar. Com paradas longas desligada. Assim, rodar subindo e descendo, em velocidade constante de 70 até 90km/h foi a primeira vez.

Foi um bom teste pra vários pontos do carro. Direção, suspensão e principalmente motor. A mudança da bobina de local foi muito boa. Ela não esquentou nada, porém o carro ainda precisa de um pouco mais de força, principalmente pra as subidas.

Saímos de casa por volta das 10 horas e 11 e pouquinho chegamos lá pra instalar e levar pra casa o bagageiro e a escadinha lateral. Antes de sair coloquei a antena do PX no lugar pra andar com ela. Um problema isso. Sair do condomínio já se arrastou, depois no pedágio tive que trocar de cabine pra não pegar no teto de uma das baias. Mas dá um tom legal pro carro, deixa ele com mais cara de estrada.

Bagageiro instalado, começamos o retorno. Pegou de prima, andou normal, mas no meio do caminho para Canoas um barulho começou a torrar a paciência. Ao parar no Madero pro almoço, afinal minha família merecia um agrado pela parceria. Notei que era a antena batendo no suporte dela. Passei uma fita isolante e era isso.

Tirei umas fotos no estacionamento, dei aquela olhada e achei que ficou muito MASSA! Era exatamente como eu imaginava ela. Antes eu achava que ela parecia careca. Cara… ela é Eva, tinha que ter um cabelão bonito e ficou lindona.

Quem estiver interessado num bagageiro tri me fala que eu passo o contato. Aqui pro Rio Grande do Sul. Os caras da TFC, lá de Sapiranga, topam uns projetos loucos se você tiver. Essa semana tenho que fazer uma pá de coisas nela visando a viagem pra Lajeado, mas já estou mais tranquilo com essa volta que demos hoje. Foram 150km sem problemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *