117Km por hora

Depois de vários upgrades finalmente fui pra estrada pra testar a Eva. A desenvoltura dela dentro da cidade já estava provada pra mim, porém #ontheroad ainda não. Pois bem, fomos lá:

  • câmbio revisado, bem melhor passar as marchas e dá pra aproveitar melhor o motor;
  • cabeçotes novos, mas ainda sem os balanceiros novos. Deram um ganho de performance;
  • Bomba de óleo, filtro e radiador garantiram o motor mais frio, ou menos quente;
  • carburadores com os upgrades do Kiko.

Muito menos esforço pra chegar aos 80km, nem forcei muito, e depois dos 80 até os 100 também foi bem mais rápido que em outras oportunidades. Comparando com as informações que eu tenho do GPS instalado no celular, o mesmo programa captou as informações nas três oportunidades, temos a evolução da Eva, logo abaixo:

Retomada 80km/h até 100km/h
25/11/2018 – 68,49sg (até 96km/h)
30/01/2019 – 17,36sg
15/04/2019 – 13,36sg

Velocidade Máxima
25/11/2018 – 96km/h
30/01/2019 – 105km/h
15/04/2019 – 117km/h

A retomada em Novembro reflete bem o quanto o carro estava capenga. Na ocasião já tinha dois carburadores, mas nós ainda não havíamos trabalhado nos cabeçotes e nem tinha bomba de óleo. Dia 30 de janeiro a bomba de óleo, com filtro, já estava instalada e foi a única mudança que fizemos mecânica.

A mudança maior, de janeiro até agora foram: novos cabeçotes, além da bomba EMPI e filtro, botamos o radiador de óleo e escape 4×1 do “Tio Ponta”. E é claro os carburadores preparados pelo Kiko.

Faltam algumas pequenas mudanças ainda. Que vão ficar mais pra frente. Uma delas é a retífica do motor. Em breve falaremos mais sobre isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *